Morar perto da praia em Dublin

Sempre comento com vocês que optei por morar afastado do Centro. Já falamos sobre acomodação na semana passada; e nos stories você pode conferir toda a minha trajetória pelas casas e acomodações em Dublin.

Já morei no centro por 8 meses e confesso que quando mudamos para o nosso bairro atual, cheguei a dar uma leve surtada. Na minha cabeça ia ter mais gastos com transporte, quando saísse à noite teria que pegar táxi, não poderia decidir ir em algum lugar às pressas.
Porém, esse pensamento foi superado na primeira semana. Eu moro em um bairro chamado Booterstown, na região de Blackrock, no sul de Dublin. No meio do caminho entre Dublin > Bray. Bem próximo ao mar. Ah, o mar!

As casas que morei antes eram boas, mas nenhuma se compara com o quintal que temos hoje, sou muito ligada à natureza e não imaginava a falta que a grama me fazia. Mais do que isso: o bem que o mar me faz.
Outra coisa que percebi foi que não é necessário morar no centro para conseguir fazer as coisas, tem mercado, banco, restaurantes e pubs perto de casa. E quando preciso ir ao centro, de ônibus chego em 25 minutos. Vira mesmo um passeio legal.

Essa semana fiz algo que não tinha feito ainda: fui até a praia ver o nascer do sol. E me perguntei o porquê não tinha feito isso antes. Logo lembrei que no frio fica bem complicado sair da cama quentinha. Levamos café, esperamos ele sair por de trás das montanhas e vimos um das colorações laranjas mais lindas da minha vida.

Quando vierem para Dublin, abram o leque para morar nos bairros afastados, é uma experiência incrível.

Viver desperta é indescritível!

 

Compartilhe

Deixe uma resposta