Critical Skills – Trabalho na área na Irlanda

Se você já procurou sobre a sua profissão e faculdade na Irlanda, provavelmente você já deve ter se deparado com esse termo: critical skills.

Critical skills é o termo usado para mostrar as áreas que a Irlanda está com escassez de profissionais. E abre para profissionais de outras nacionalidades a oportunidade de adquirir um emprego na sua profissão e muitas vezes te possibilita em adquirir um visto de trabalho por aqui.

Esse é o Bruno! 🙂

Quais profissões fazem parte?

Profissionais das Ciências;
Engenheiros eletrônicos, químicos, mecânicos;
Profissionais de Telecomunicações;
Profissionais de TI, webdesigners, programadores;
Profissionais da saúde (médicos, farmacêuticos, enfermeiros, diretores e administradores de hospitais);
Fisioterapeutas;
Professores universitários;
Auditores, contadores e administradores;
Profissionais das áreas de marketing e vendas

VOCÊ DEVE ESTAR PENSANDO “MAS É POSSÍVEL CONSEGUIR?”

É sim. O Bruno conseguiu. Ele começou o intercâmbio como estudante, trabalhou em um pub. E depois de alguns meses teve a oportunidade de fazer uma entrevista. Ele é arquiteto e trabalha atualmente em um escritório de engenharia! E felizmente, desde agosto do ano passado está com visto de trabalho. O Bruno entregou MUITO currículo, ele saia todos os dias para entregar pessoalmente nas empresas, procurava no google os sites, mandava e-mail e também mandava pelo linkedin. Aproveito pra dizer que ele é o meu orgulho!

A gente já veio com essa ideia, dele procurar na área porque ele já tinha inglês avançado. E muita gente nos disse que ele não conseguiria encontrar. Porém, a gente resolveu não dar ouvidos e continuar na nossa ideia. E por experiência própria digo: acreditem e corram atrás.

EU NÃO FAÇO PARTE DAS ÁREAS DE CRITICAL SKILLS, E AGORA?

Acredito que você não deva desistir. Conheço algumas pessoas que conseguiram empregos em suas áreas que não faziam parte do critical skills. O processo é mais complicado mas não é impossível!

Compartilhe

Deixe uma resposta